quarta-feira, fevereiro 24, 2021
Home Mais Temas Quadrinhos/Mangás Review HQ: A Piada Mortal

Review HQ: A Piada Mortal

Não há dúvidas que o Coringa (DC Comics) é um dos personagens mais icônicos do universo dos quadrinhos e uma grande influência até hoje para Hollywood. Desde sua primeira aparição nos anos 40, ele vem quebrando o paradigma do vilão tradicional que sempre era relacionado ao personagem malvado por natureza, super poderoso querendo conquistar o mundo.

E levando em consideração que sua popularidade após o início dos anos 90 tem sido cada vez mais poderosa e relevante até os dias de hoje, não foi muito difícil de escolher uma leitura relacionada ao nosso querido personagem para ser a minha primeira indicação. A Piada Mortal (Batman: The Killing), é um uma história de apenas um volume, escrita pelo gênio Allan Moore (Watchman, V de Vingança, Monstro do Pântano) e desenhada por Brian Bolland (Judge Dread, Camelot 3000) em 1988, mas possui versões reimpressas (2016 a mais recente). É importante considerar também que a aparência do Coringa geralmente varia para se encaixar com a forma de como sua origem é contada, ou seja, ele possui várias origens, como muitos outros personagens sofrem essa alteração devido a mudanças de roteiristas, rotação de coleção entre outros fatores. Se pararmos para recordar de algumas versões como em Cavaleiro das trevas, sua pele branca nada mais é que uma maquiagem normal, e seu cabelo verde é tinta, mas sua boca enorme é consequência de cortes no rosto, formando cicatrizes, e em esquadrão suicida com a pele cheia de tatuagens, etc.

A Piada Mortal HQ
A Piada Mortal HQ

Vamos lá, em “A Piada Mortal”, Coringa é um humorista mal-sucedido com uma esposa gravida, com várias contas a pagar e que em algum momento infeliz, toma uma decisão que somada aos eventos sombrios que estavam ocorrendo em sua vida resultam na origem do vilão. A história é bem simples, Coringa foge do asilo Arkham e começa a colocar em prática um plano para provar um ponto de vista que seria a ideia de que qualquer pessoa por mais justa e bondosa que seja, poderia se tornar um monstro, se seu dia for um dia realmente ruim. Enquanto a história acontece, vemos flashbacks da história real do Coringa. No ato seguinte nos deparamos com um show de horrores com direito a tortura, sangue, pressão psicológica e muita covardia contra personagens de suma importância e relevância não só dentro desta história isolada mas também dentro do universo Batman. Não podemos
esquecer do nosso herói, que apesar de ser um personagem menor dentro desta trama, termina a história de forma emblemática. É isso pessoal, não há muito mais o que eu possa comentar sem estragar a experiência de vocês, será que a tese da sanidade foi comprovada?

A Piada Mortal é uma HQ curta porém muito bem desenvolvida, sem haver necessidade para outros desfechos, com uma mensagem rápida e impactante. Você que é fã da franquia Batman (HQ, cinema, animação), saiba que essa é uma leitura obrigatória.

Nota: 10/10

A Piada Mortal
10 / 10 Reviewer
{{ reviewsOverall }} / 10 Usuários (10 votos)
Sinopse
A Piada Mortal é um romance gráfico de one-shot escrito pelo autor Alan Moore e desenhado por Brian Bolland. Foi publicado pela primeira vez nos Estados Unidos pela DC Comics em 1988, e desde então tem sido sempre reeditado.
Review dos Leitores Deixe seu voto
Order by:

Be the first to leave a review.

User Avatar User Avatar
Verificado
{{{ review.rating_title }}}
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

This review has no replies yet.

Avatar
Show more
Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixe seu voto

Victor Parolisi
Victor Parolisihttps://noobz.com.br/
Um declarado órfão da Rede Manchete, que assistiu religiosamente do tokusatsu ao anime. Apaixonado pela cultura pop no geral, mas adora flertar com games, animes e HQs dos anos 80 e 90.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

X
Receba os destaques dentre notícias e conteúdos, antes de todo mundo!
Dismiss
Allow Notifications