Review: Resident Evil Village é uma obra prima que honra a franquia!

0
Resident Evil: Village
Resident Evil: Village

Game: Resident Evil Village
Desenvolvedora: Capcom
Distribuído por:
 Capcom
Plataforma Utilizada:
 PC
Também para:
 Playstation 4, Xbox One, Playstation 5, Xbox Series S|X, Stadia
Noobzview:
 Duzão (@DuzaoDias)

O mais novo jogo da Capcom, lançado no dia 8 de maio, é nada menos que um novo Resident Evil pra fazer parte da popular e consagrada franquia de games, mas o que esperar desse nova obra?

Resident Evil Village é o oitavo título da franquia e uma continuação direta dos acontecimentos de Resident Evil 7, onde Ethan Winters foi a procura de sua esposa Mia Winters em Lounsiana depois de 2 anos desaparecida. A história começa um tempo depois Ethan e Mia vivem no leste Europeu com sua recém nascida filha Rose, onde vivem felizes até então, para não dar spoilers vou me abster aqui nos detalhes da história.

Lançamento no Brasil

Vale citar que a Capcom Brasil deu uma atenção especial ao lançamento do jogo no país, sendo esse o primeiro da franquia a receber localização completa, incluindo dublagem, para nossa língua. Para comemorar o lançamento no Brasil, a Capcom realizou uma palestra durante o BIG Festival, maior festival nacional de games independentes da América Latina, que contou com a participação dos dubladores do jogo e foi mediada por Fabio Santana, gerente de relações públicas e localização da Capcom no Brasil.

Dando voz a Ethan Winters e Mia temos Raphael Rossatto e Priscila Franco. Chris Redfield ganha vida na voz de Léo Rabelo. Já os quatro lordes têm as vozes de Adriana Pissardini como Lady Dimitrescu, Henrique Canales como Heisenberg, Raul Rosa como Moreau e Rebeca Zadra como Donna Beneviento e sua boneca Angie. Mãe Miranda, a líder do grupo, é interpretada por Beatriz Villa, enquanto a misteriosa Velha é dublada por Suzete Piloto.

Novas e velhas mecânicas se unem

Além da volta de alguns personagens queridos da franquia, outros recursos populares de jogos anteriores da série também estão presentes no Resident Evil Village. O protagonista agora pode adquirir e vender itens, comprar receitas para criação e personalizar armas com o comerciante conhecido como “O Duque”, dublado por Luiz Carlos de Moraes. Usando materiais encontrados ao longo da jornada, Ethan pode criar itens indispensáveis para sobreviver aos horrores do vilarejo.

Apesar do jogo adotar o formato de visão em primeira pessoa, que vale ressalta, foi bastante criticado no game anterior, a nova obra da Capcom tem agradado muitos aos fãs da franquia por trazer mecânicas já conhecidas de inventário dos primeiros títulos e a estrutura de resolução de puzzles. Neste último, aliás, pode se dizer que RE8 bebeu muito na fonte de RE4 o que pode ser bom para uns e mal para outros, sendo RE4 um jogo que dividiu opiniões.

Resident Evil Village
Resident Evil Village

O clima de Resident Evil 8 é muito bem construído. Ele se passa em uma vila, como diz o título, durante o inverno e o cenário que nos é entregue lhe conduz a uma imersão incrível e assustadora ao ponto de dizer que em diversos momentos, em que você não está matando ou correndo de monstros, você para e se pega observando os detalhes do cenário, tamanho o cuidado de sua produção. É um verdadeiro deleite a parte.

Áreas para Explorar

Apesar de ter uma campanha considerada pequena, de 7 a 10 horas jogando a campanha principal, existem muitos lugares para se explorar, achar itens e resolver enigmas. Neste ponto o novo RE8 se diferencia de seu antecessor por ser mais abrangente no que diz respeito ao mapa, seja uma mansão, uma masmorra, uma casa sombria ou um pântano abandonado. Outro ponto forte do game é justamente essa diversidade oferecida pelos cenários e a maneira única cada um deles lhe proporciona a experiência de estar ali durante a progressão da história.

Início de uma nova fase

Nós jogamos em um pc rodando a 4k com o máximo de detalhes que o jogo poderia oferecer, no PS5 e no Xbox Series X também não deixaram nada a desejar rodando a 60 fps com ray tracing ligado. Fica evidente que a Capcom soube tirar proveito do poder de processamento da nova geração de consoles. RE8, por si só, é uma obra de arte por todos os detalhes de ambientação, iluminação, direção de arte que junto a jogabilidade e a história, oferecem uma obra prima deliciosa de se experimentar.

Mas o que esperar realmente?

Sempre que você começa a se sentir confiante e familiarizado em um dos ambientes de Resident Evil Village, a Capcom lhe surpreende e lhe tira da zona de conforto com um novo cenário ou exigindo uma nova abordagem. Isso lhe mantém sempre atento e cria uma miscelânea de medo. Tudo é construído com maestria e vem em uma crescente emocionante e maluca.

Trailer

Nota: 9.5

Resident Evil Village
9.5 / 10 Reviewer
{{ reviewsOverall }} / 10 Usuários (0 votos)
Pós
Extremamente imersivo honrando a franquia RE
Contras
Campanha poderia ter maior tempo de duração
Sinopse
O survival horror desenvolvido e publicado pela Capcom conta que a tragédia atingiu Ethan Winters e sua esposa, Mia, enquanto tentavam viver pacificamente em um novo lugar.
Rating
Review dos Leitores Deixe seu voto
Order by:

Be the first to leave a review.

User Avatar User Avatar
Verificado
{{{ review.rating_title }}}
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

This review has no replies yet.

Avatar
Show more
Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixe seu voto

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here